Titica, Ary e Neide Sofia preparam-se para ‘dominar’ o nono concerto “Ao Vivo é-Kwanza”


Depois do sucesso do concerto de Filho do Zua e Ivan Alekxei, o trio de artistas formado por Ary, Titica e Neide Sofia, será a grande atracção da nona edição do “Ao Vivo é-Kwanza”, que acontece no próximo sábado (22) de Agosto, às 16h30, com transmissão em directo no ZAP Viva.

Pela primeira vez, o Ao Vivo é-Kwanza, promove um espetáculo com três grandes cantoras angolanas da actualidade nomeadamente Titica, que vai juntar-se a Ary e Neide Sofia. O trio, encontra-se permanentemente na ribalta, graças aos seus sucessos musicais. Em alguns desses hits, elas fazem participações nas músicas uma das outras, casos como os singles “Pelo menos 50”, com Ary e Titica, e “Tá dominar”, que traz em destaque Titica e Neide Sofia.

De facto, chegou a hora das senhoras terem o seu momento alto no Ao Vivo é-Kwanza. Excepto Anna Joice no primeiro episódio, todos os músicos a brilharem no “é-Kwanza” até agora, foram homens: Edgar Domingos, Preto Show, Euclides da Lomba, Puto Português, Kyaku Kyadaff, DJs Malvado e João Reis, Calado Show e DJ Nelasta, Ivan Alekxei e Filho do Zua, o projecto tem sido a preferência do público apenas com músicos. Neste nono episódio, a organização satisfaz o desejo do público trazendo para o line up, estas três poderosas mulheres da música angolana.

O Ao Vivo é-Kwanza fará subir ao seu palco mais uma dupla de estrelas para nele brilhar, ajudando a levar para casa uma espectáculo musical e televisivo sem igual, com o fim principal de angariar fundos para as 11 instituições que, no final do projecto, irão receber as doações em dinheiro angariados por todos os concertos realizados.

As doações são feitas através do serviço é-Kwanza, do banco BAI. Vai poder fazê-lo discando *402# e seguir as instruções do serviço.

As 11 instituições de solidariedade que irão beneficiar do montante global angariado pelo projecto: Lar Santa Isabel, o MUSA (Mulheres Unidas e Solidárias de Angola (Musa), Orfanato Pequena Semente, Fundação Ana Carolina, Lar Frei George Zulianelo, Educação Solidária, Lar Consoladora dos Aflitos, Lar da Nazaré, Lar Kuzola, Lar Horizonte Azul e o Instituto Angolano de Combate ao Cancro.

O Ao vivo é-kwanza é uma realidade graças à sinergia entre o ZAP Viva e o BAI, duas marcas angolanas que se destacam pelo apoio à cultura nacional.

PUB

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *