Nego do Borel expulso de “A fazenda” após acusações de estupro; modelo diz que cantor não foi abusivo


O cantor Nego do Borel foi expulso do reality show “A Fazenda 13” neste sábado (25) de setembro, acusado de ter estuprado a modelo Dayane Mello. A informação foi confirmada pela assessoria do artista e pela RecordTV.

Após uma festa em “A fazenda”, Dayane Mello se deitou com Nego do Borel e causou preocupação nos peões. MC Gui, Solange Gomes e Tati Quebra Barraco chamaram atenção do cantor para não agir sem a modelo estar consciente para “não dar problema”.

Publicidade

No meio da onda de críticas recebidas de cidadãos, celebridades e mesmo políticos, a rede de televisão anunciou a expulsão do cantor, após uma “longa e rigorosa análise jurídica”, como relatado numa declaração.

Em meio a acusações de estupro, Nego do Borel foi expulso do reality show da Record. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do cantor, que fez ainda um pedido para que fãs do reality show não julguem o caso apenas por trechos recortados na internet.

A Polícia Civil de São Paulo abriu uma investigação contra o cantor Leno Maycon Viana Gomes, de 29 anos, mais conhecido como Nego do Borel, por alegadamente ter forçado sexualmente a modelo Dayane Mello enquanto esta estava intoxicada por bebidas alcoólicas.

Entretanto, em uma conversa com um repórter do reality,  ao ser questionada pela direcção do programa sobre os fatos durante e pós-festa desta última sexta-feira (24) de Setembro, a modelo defendeu o cantor dizendo que não foi abusivo, e que estavam apenas a se conhecer.