Mwana Afrika estreia-se como apresentadora e criadora de conteúdos no Brasil


A jornalista angolana Mwana Afrika, foi anunciada como um dos alicerces na construção da maior plataforma de cultura e conteúdo afro no maior país “preto” do mundo fora de África – o Brasil, através do canal Trace.

O novo canal ‘Trace Brasil’  lançado neste sábado (25) de Julho, dia da celebração da Mulher Negra Latino- Americana e Caribenha,  é um canal de conteúdo 100% dedicado a Cultura Afro e protagonizado por criadores pretos. É filial da empresa de mídia francesa Trace Global.

Publicidade

“Teremos a Mwana Afrika, reposicionando esse lugar de ancestralidade na cabeça de muita gente, reposicionando a ideia de quem sempre foi martelada na quebrada de que a ancestralidade é amaldiçoada e o negro precisa fazer uma conversão para poder ser uma pessoa melhor na vida”, explica o responsável pela área de marketing.

Com 24 horas de programação, o canal tem planos de promover obras de ficção e documentários de criadores pretos, além de outros conteúdos voltados à ciência, tecnologia, empreendedorismo, culinária e história africana, segundo fez saber o canal em nota submetida ao AngoRussia.

Há dois anos, que o Magazine “Mwana Afrika – Oficina Cultural”, tem levado educação e cultura aos telespectadores no país e não só, através dos três canais da Televisão Pública de Angola.

Trabalho iniciado na RTP África em Portugal chega agora no Brasil, no mais novo canal Trace Brasil, sendo assim um dos programas de Tv no país com mais pedido de retransmissão internacional.

O Magazine é uma verdadeira viagem ao Continente berço. Mwana Afrika, vai ao encontro nossas raízes e mostra ao mundo. Traz curiosidades excepcionais sobre África e em particular sobre Angola: povos e etnias, filosofias de vida, rituais e línguas.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Reflexo de muito trabalho, minha compatriota. África é vida, África é Cultura!
    ✊✊😷🤜🤛