Quantcast

Fredy Costa partilha momentos de gravação da telenovela brasileira “Apocalipse”

0
Divulgação de Serviços (ProCenter)

O talentoso actor angolano Fredy Costa, que faz parte do elenco da telenovela brasileira “Apocalipse” da TV Record, transmitida desde o passado dia 21 do mês de Novembro, utilizou as redes sociais para partilhar com seus fãs e admiradores  alguns momentos dos bastidores da produção da trama ao lado de outros colegas de elenco.

A telenovela “Apocalipse” estreou no passado mês de Novembro, marca o regresso de Fredy Costa numa produção brasileira, a primeira vez foi em I Love Paraisopolis da tv Globo, as gravações e a emissão terão a duração de 12 meses.

“Ter sido escolhido pela Record é, sem sombra de dúvidas, uma demonstração de reconhecimento do potencial dos actores angolanos. Acredito que a nossa cultura, a nossa forma de ser e estar influenciaram na decisão de incluir um personagem angolano no elenco e espero representar o nosso povo com o melhor do meu profissionalismo e dedicação”, disse o actor depois da assinatura do contrato.

Fredy Costa vai encarnar Diogo Ferreira, um angolano de sucesso que emigrou para o Brasil nos anos oitenta, ganhou notoriedade nas noites paulistanas e tornou-se num importante proprietário de casas nocturnas. Personagem bastante popular, Diogo vai viver um romance com Alice e Bárbara. Os três personagens vão contracenar num triângulo amoroso conturbado que se transforma numa relação mal resolvida que dará bastante pano para mangas.

A produção conta com 90 atores no elenco principal. Os protagonistas são interpretados por Juliana Knust, Igor Rickli e Sérgio Marone. Os dois primeiros viverão um romance e lutarão contra o personagem de Sério Marone, o anticristo.

A novela será dividida em três partes. A primeira se passa entre os anos 1987 e 1989, que contará a história dos personagens. A segunda, entre 1996 e 2001, mostrará os sinais do fim dos tempos. Já a terceira, que se passa nos dias atuais, revelará o arrebatamento (o primeiro evento do Apocalipse, quando Deus retira todos os cristãos verdadeiros da Terra). A partir daí, a vida no mundo se passa com falsos profetas e santos da resistência.

A estreia em território angolano está prevista para Março de 2018.

Deixe a sua opinião!

Partilhe.