Yuri da Cunha assinala aniversário da ex-esposa “Cila” com declaração amor


A saudade é o que fica daquilo que partiu, daquilo que já não é mais, é ausência, é o sentimento de vazio que fica daquilo que se foi. Mas às vezes, a saudade é um vazio tão grande que ocupa muito espaço dentro do coração, e aperta tanto o peito que acaba transbordando e escorrendo pelos olhos. Nesta senda, o cantor e compositor angolano, Yuri da Cunha, fez uma emocionante declaração de amor a sua falecida esposa Cila, que nesta sexta-feira (1) de Março, completa mais uma risonha primavera. 

Em mais um ano, Yuri da Cunha demonstrou que sente-se ainda triste por ter perdido a mãe de suas filhas (Ana Yasmim e Sheila Cataleya) com quem o cantor viveu muitos anos. Numa rede social o cantor postou uma foto da sua amada Maria Pereira ou simplesmente “Cila” que hoje completa mais uma risonha primavera, acompanhada de uma declaração de amor, Onde confessa ainda sentir falta da mesma.

Publicidade

“Hoje os amigos estariam lá em casa para comemoramos o teu aniversário, sempre quisestes que eu estivesse perto de ti nesse dia, mas hoje és tu quem não está presente para ver a Ana e a Catarina dançarem afro-house e a cantarem, o Nuno que agora é Actor ia fazer-te rir e cantar um rap só para te ver sorrir. Ficarias toda envergonhada se eu escrevesse uma dedicatória, mas cheia de orgulho de todos nós. Minha Bela, o teu monstro dos filmes, só chora… Implora, que os dias voltem. Feliz Aniversário Maria Lucilia “Cila”… Fazes falta, muita falta”, lê-se no post.

Maria Alvez Pereira morreu no dia 27 de Novembro de 2016, vítima de Lúpus, doença conhecida popularmente como autoimune que pode afectar principalmente a pele, articulações, rins, cérebro e todos os demais órgãos e tem como consequência a destruição do sistema imunológico e de alguns tecidos saudáveis do corpo.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *