Sem palavras, Lurinela Mendes confessa estar orgulhosa da peça “Elas Não Precisam de Homens?”


Lurinela Mendes, uma formadora de opinião e activista social em direitos da Mulher, e que serviu de fonte de inspiração da peça teatral “Elas Não Precisam de Homens?”, que juntou pela primeira vez a empresária e CEO da Step Karina Barbosa, as actrizes e apresentadoras Lesliana Pereira, Vanda Pedro, Edusa Chindecasse, Neide Van-Dunen e Henesse Cacoma, foi também convidada a subir ao palco para estrelar ao lado das mesma. Oportunamente, Lurinela recorreu a sua página da rede social Instagram, e disse que está orgulhosa por ter sido escolhida para ajudar a contar essa história mas mais do que tudo, por ter inspirado esse momento.

“Sem palavras. Me dá preguiça ler um texto que começa assim mas ya afinal existe mesmo essa coisa de ficar sem palavras. Gratidão profunda pela forma como a Vanda Pedro vê, sente e respira o mundo que lhe rodeia. Entrei em palco no final de 2h em que foram servidas chapadas em forma de entretenimento e me sinto muito orgulhosa por ter sido escolhida pra ajudar a contar essa história mas mais do que tudo por ter inspirado esse momento. Eu sempre disse que estou aqui não pra servir certezas mas pra provocar a dúvida e sugerir a discussão”, começou por dizer.

Por outro lado, Lurinela que também subiu ao palco para interpretar a si mesma, confessou que nunca podia se sentir melhor com a recepção de cada uma das actrizes ao longo dos três meses, e o quanto evolui muito como pessoa com as aulas de teatro do Joel Mulemba, tendo agradecido Karina Barbosa, Vanda Pedro, Edusa Chindecasse, Neide Van-Dunen e Henesse Cacoma por tudo.

Publicidade

“A forma como essas mulheres me receberam por 3 meses, orientando, ensinado, sugerindo, provocando. A pessoa que chegou para leitura de mesa (uma coisa que elas fazem com o director, de ter o texto da peça e ler todo ele a volta de uma mesa pra ir tomando contacto com as palavras mas ainda sem interpretar) e a pessoa de ontem, são totalmente diferentes. Eu evolui muito como pessoa com as aulas de teatro do Joel Mulemba por quem estou profundamente apaixonada como alguém que ama o pastor da igreja, mas também evolui pela forma como fui recebida e me envolvi com cada uma dessas fabulosas mulheres com quem privei por 3 meses. Rheee no meio disso fui dirigida a distância pelo Flavio Ferrão e foi tipo falar com Deus. Deus não fala muito. Mas o que diz se instala. Karina Barbosa, Vanda Pedro, Edusa Chindecasse, Neide Van-Dunen e Henesse Cacoma, obrigada por tudo!!! se eu escrevesse um texto pra cada uma de vocês seria processada pela Karina Barbosa, então vamos manter as coisas privadas no privado. Amor e gratidão me definem. Fui viver e gostei”, concluiu.

A peça de autoria de Andreza Amaro, é baseada em histórias vividas diariamente por mulheres de toda parte do mundo, onde seis amigas de longa data se juntam nove anos depois num misto de emoções que desencadeia revelações chocantes, descobertas incríveis, um encontro que vai marcar e definir o caminho de cada uma delas.

É de ressaltar que a peça teatral “Elas Não Precisam de Homens”, é uma produção das Mentes Fabulosas, uma produtora de conteúdos de artes em várias vertentes, com o foco predominante no teatro, que visa dinamizar a classe trazendo para o mercado produções com conteúdos inéditos, focando na valorização de escritores e fazedores de arte nacionais e tem como mentoras Vanda Pedro e Neide Van-Dúnem como Directoras artística.

View this post on Instagram

Sem palavras Me dá preguiça ler um texto que começa assim mas ya afinal existe mesmo essa coisa de ficar sem palavras. Gratidão profunda pela forma como a @vandapedro vê, sente e respira o mundo que lhe rodeia. Entrei em palco no final de 2h em que foram servidas chapadas em forma de entretinimento e me sinto muito orgulhosa por ter sido escolhida pra ajudar a contar essa história mas mais do que tudo por ter inspirado esse momento . Eu sempre disse que estou aqui não pra servir certezas mas pra provocar a dúvida e sugerir a discussão. A forma como essas mulheres me receberam por 3 meses, orientando, ensinado, sugerindo, provocando. A pessoa que chegou pra leitura de mesa ( uma coisa que elas fazem com o director, de ter o texto da peça e ler todo ele a volta de uma mesa pra ir tomando contacto com as palavras mas ainda sem interpretar) e a pessoa de ontem, são TOTALMENTE diferentes. Eu evolui muito COMO PESSOA com as aulas de teatro do @joel.mulemba por quem estou profundamente apaixonada como alguém que ama o pastor da igreja, mas também evolui pela forma como fui recebida e me envolvi com cada uma dessas fabulosas mulheres com quem privei por 3 meses. Rheee no meio disso fui dirigida a distância pelo @flavioferrao e foi tipo falar com Deus. Deus não fala muito. Mas o que diz se instala. @vandapedro @edusachindecasse @leslianapereira @kb2u @neidevan_dunem @henessecacoma Obrigada por tudo!!! se eu escrevesse um texto pra cada uma de vocês seria processada pela @kb2u então vamos manter as coisas privadas no privado. Amor e gratidão me definem. Fui viver e gostei 🖤 #8M #ElasNãoPrecisamDeHomens #Teatro #Vida

A post shared by Lurine (@lurinela) on


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *