Restos mortais da modelo e influencer moçambicana Alichia Adams enterrados em Moçambique


Os restos mortais da modelo e influencer moçambicana Alichia Adams, foram enterrados neste domingo (22) de Novembro, em Maputo, capital de Moçambique, em uma cerimónia restrita, que contou apenas com a presença da família e amigos mais próximos da mesma, por questões relacionadas a Covid-19 e opção dos membros da sua família.

Alichia Adams, morreu no passado dia (08) de Novembro, vítima de acidente de viação, no trajecto da saída de uma festa na discoteca Dreams Nightlife Club, em Harare, Zimbabwe, onde se fazia acompanhar de amigos, entre eles a também modelo Moana que comemorava o seu aniversário e o milionário dono da mesma discoteca e CEO da Pioneer Gas e do Grupo PIKO, Genius Ginimbi Kadungure de 36 anos.

Publicidade

De acordo com relatos da população que esteve no local, o motorista, o socialite e empresário Genius Ginimbi Kadungure, que também morreu no local, estava em alta velocidade quando bateu e foi jogado para fora do veículo, que mais tarde pegou fogo.

Já um de seus parentes, disse à mídia na manhã seguinte do acidente que o empresário tinha dois outros passageiros em seu carro que foram ‘queimados além do reconhecimento. Suas identidades não puderam ser prontamente estabelecidas, mas vídeos partilhados no stories do Instagram mostram que as modelos moçambicanas Alichia Adams e Moana estavam no veículo do empresário antes do acidente.

Kadungure, segundo o parente, conseguiu sair do carro logo após o acidente, mas morreu imediatamente.

O motorista do carro Honda Fit azul que se envolveu no acidente com Ginimbi que conduzia um carro de luxo da marca Rolls Royce, sobreviveu ao acidente, mas está em estado de choque.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *