Huíla acolhe gala de eleição da Miss Angola 2019


264 partilhas

A directora-adjunta do comité Miss Angola, Karina Almeida, deu a conhecer recentemente à Angop, no final de uma audiência com o governador da Huíla, Luis Nunes, que a gala de eleição da mulher mais bela do país “Miss Angola 2019” este ano acontece na cidade do Lubango sob o lema “as belezas naturais da Huíla”, uma forma de incentivar o turismo nacional.

Huíla acolhe gala de eleição da Miss Angola 2019

Depois de 13 anos,  o maior concurso de beleza feminino angolano realiza-se fora de Luanda, com a cidade do Lubango, Huíla, a ser a escolhida para albergar, em Junho próximo, a edição 2019.

Depois de passar pelas províncias de Benguela e Cabinda, esta será a terceira vez que o concurso sai da capital do país, justificando-se pela diversidade cultural e potencialidades turísticas que o interior dispõe e que precisam de notoriedade a fim de atrair turistas.

Karina Almeida referiu que a escolha na Huíla recai pelo facto de reunir as condições necessária para o evento, o que passa por condições de acomodação, clima e local espaçoso para o mesmo, que terá como tema as belezas naturais da Huíla.

Para o êxito do certame pediu o apoio da classe empresarial local e não só, por se tratar de um evento com custo elevado de produção.

O Miss Angola realiza-se anualmente desde 1998. O concurso recebe candidatas das dezoito províncias do país e algumas da diáspora.

A primeira vencedora do concurso foi Emília Guardado, candidata da província de Benguela. Actualmente a coroa é ocupada por Ana Liliana Avião, da província de Luanda.

A primeira e única angolana que ostentou a coroa de Miss Universo foi Leila Lopes, em 2011.  Em termos estatísticos, as províncias com maior número de vencedoras são Luanda, com cinco, e Benguela e Cabinda, com quatro cada.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

264 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *