FKA Twigs fala sobre sua relação com Shia LaBeouf : -“Sou uma sobrevivente da violência doméstica”


Depois de tornar público o que viveu na fase em que manteve um relacionamento amoroso com o actor norte-americano Shia LaBeouf, e acusa-lo de abusos físicos e psicológicos e de transmissão conscientemente de uma doença sexualmente transmissível, a cantora e compositora britânica FKA Twigs, recorreu as redes sociais neste domingo (13) de Dezembro, para dar mais informações sobre o caso e dar suporte à outras vítimas de abuso do gênero.

“Pode ser surpreendente para você saber que eu estava em um relacionamento emocional e fisicamente abusivo. Foi difícil para mim processar também, nunca pensei que algo assim fosse acontecer comigo. É por isso que decidi que é importante para mim falar sobre isso e tentar ajudar as pessoas a entender que quando você está sob o controle coercitivo de um agressor ou em um relacionamento interpessoal violento, sair não parece uma opção segura ou alcançável”, começou logo por dizer a cantora que acrescentou: “Espero que, ao compartilhar minha experiência, possa realmente ajudar os outros a sentir que não estão sozinhos e lançar alguma luz sobre como aqueles que estão preocupados com alguém de quem gostam poderem estar em um relacionamento abusivo podem ajudar porque eu entendo que pode ser confuso e difícil saber o que fazer. As estatísticas sobre relacionamentos violentos domesticamente abusivos e interpessoais são chocantes e durante a fase pandémica eu estive realmente ansiosa porque sei que muitas vítimas terão ficado literalmente presas com seus agressores sem nenhum alívio ou maneira de escapar”, disse.

Ao finalizar relembrou que um dos seus piores pesadelos é contar que é uma sobrevivente de violência doméstica.

Publicidade

“Meu segundo pior pesadelo é ser forçado a compartilhar com o mundo que sou uma sobrevivente de violência doméstica. Meu primeiro pior pesadelo é não contar a ninguém e saber que poderia ter ajudado pelo menos uma pessoa compartilhando minha história. Aqui estão algumas instituições de caridade incríveis e linhas de ajuda que recomendo doar e ligar se você ou alguém que você conhece precisar de apoio”, concluiu.

Em sua defesa, durante entrevista ao “The New York Times”, LaBeouf não confirmou taxativamente as acusações, mas disse que ‘não tinha desculpas’ para os seus problemas de alcoolismo e agressividade.

“Fui abusivo comigo mesmo e com todos os que me rodeiam durante anos. Tenho um historial de fazer mal às pessoas mais próximas de mim. Estou envergonhado de ter esse historial e peço desculpa à todos aqueles que magoei”, defendeu-se.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *