Cristiano Ronaldo lamenta morte de Maradona: “Parte demasiado cedo”


O jogador internacional português, Cristiano Ronaldo, lamentou nesta quarta-feira (25), de Novembro a morte de Diego Maradona, a figura especial da história do futebol que faleceu hoje, vítima de doença.

Diego Maradona, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, morreu na manhã de hoje, aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratótia. Após aperceber-se da sua morte, CR7 usou as redes sociais para dizer adeus ao amigo.

“Hoje despeço-me de um amigo e o Mundo despede-se de um génio eterno. Um dos melhores de todos os tempos. Um mágico inigualável. Parte demasiado cedo, mas deixa um legado sem limites e um vazio que jamais será preenchido. Descansa em paz, craque. Nunca serás esquecido”.

Publicidade

Maradona estava em sua casa, em Tigre, cidade vizinha de Buenos Aires. A informação foi confirmada pelo biógrafo e pelo advogado do jogador.

A saúde de do jogador já estava precária desde o início do mês, quando ele foi operado de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma “baixa anímica, anemia e desidratação” e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool.