Henri Castelli sofre agressão e chora ao mostrar lesões aos fãs


O actor brasileiro, Henri Castelli, de 42 anos, chocou os seguidores nesta segunda-feira (11) de Janeiro ao afirmar ter sido vítima de agressão enquanto num momento de confraternização com os amigos.

Numa sequência de vídeos partilhados exclusivamente pelo site Hugo Gloss, desmentiu sua própria e anterior versão de ter se ferido na última acidentalmente, na última semana de 2020, na academia.

Através de stories, o astro brasileiro garante que ao contrário do que foi noticiado primeiramente, este não se envolveu numa discussão no ginásio. O actor  foi agredido com  socos e pontapés, que levaram a uma fratura exposta na sua mandíbula.

Publicidade

“Não foi um acidente. Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula. A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento”, contou.

Castelli, explicou ainda que preferiu não contar logo a verdade a todos, pois não queria assustar a mãe e o restante da família porque ainda tinha compromissos profissionais a cumprir: “Pensava apenas na minha família, nos meus filhos. Fiquei com muito medo de ficar com sequelas pra sempre. Minha boca ainda tá torta, e ainda está muito inchado, muito roxo”, afirma, sem conseguir conter as lágrimas.

De acordo o relato de Henri, os agressores já foram identificados e a polícia brasileira está a tratar de tudo para que o caso se resolva rápido.

Posteriormente, numa publicação, Castelli acrescentou: “Eu jamais imaginei passar por uma situação dessas na vida, ver a minha boca amarrada e me submeter a uma cirurgia que exigiu anestesia geral, ainda mais por conta de uma violência desmedida, irracional, que por pouco não causou sequelas mais graves. Eu agradeço o carinho e as orações que já recebi e que certamente receberei de vocês, que tanto amo. Meu desejo é que tenhamos mais amor ao próximo e que seja feita a justiça, que todos os agressores sejam devidamente punidos”, escreveu.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *