Quantcast

Encontrado o corpo de Action Nigga “intacto”

0
Divulgação de Serviços (ProCenter)

Foi localizado o corpo do músico Action Nigga, que faleceu no passado 29 de novembro do ano passado, no avião da companhia aérea moçambicana LAM, proveniente de Maputo, com destino a Luanda, segundo o portal Platinaline.

action nigga1

Os restos mortais do músico angolano Action Nigga, uma das noves vítimas angolanas do acidente aéreo que aconteceu no passado dia 29 de novembro, no avião da companhia aérea moçambicana LAM, proveniente de Maputo, com destino a Luanda, foram encontrado “intacto”, com o rosto desfigurado, informou o portal Platinaline.

Segundo o portal, a informação foi dada pela mãe do cantor, Elsa Luvualo, e está a ser partilhada pelos amigos, fãs e admiradores do músico.

O músico Punidor, companheiro de grupo do cantor, lamentou ainda a perda prematura do amigo e irmão, “Lagrimei como um bebe…. quando me disseram na tia Leta hoje que o teu corpo foi localizado completo somente com algumas mazelas ke é [o que é]normal fruto da dimensão do acidente”, desabafou o cantor na sua conta da rede social facebook

Ainda na rubrica “Trica dos Famosos” do programa “Dia-a-Dia” da TAP2, a jornalista Victoria Garcia, confirmou a notícia, “foi localizado o corpo de Action Nigga intacto, embora com o rosto desfigurado, mas será reconstruído para o enterro”.

De recordar que recentemente os familiares das noves vitimas angolanas, trabalharam em Luanda, com o especialista da Kenyon, Companhia Internacional de Serviços de Emergência em Casos de Acidentes Aéreos, Stephen Gregory.

Segundo Stephen Gregory, que falava na abertura de um encontro de trabalho com membros de instituições do Estado angolano e familiares das vítimas, a Kenyon irá informar aos parentes dos sinistrados sobre os métodos a serem usados para a identificação e transladação dos corpos, bem como o processo de indemnização.

“Uma vez identificados os corpos, os familiares poderão também nos notificar para tratar de assuntos ligados a realização dos serviços funerários. Vamos ainda abordar questões inerentes aos bens transportados pelos falecidos”, referiu.

Informou que os familiares das vítimas deverão responder a um questionário, no qual vão expressar os seus anseios, sugestões, entre outras contribuições relacionadas com o processo.

Nesta fase, reforçou, um dos principais objectivos é promover e intensificar a troca de informações.

Deu a conhecer que foi já criada uma página Web, especificamente para os familiares, com informações precisas sobre o caso.

Referiu que manterá ainda encontros, em separados, com cada uma das nove famílias para tratar de questões inerentes ao processo de indemnização, transladação dos restos mortais, entre outros assuntos.

O avião da companhia aérea moçambicana LAM, proveniente de Maputo, com destino a Luanda, despenhou-se dia 29 de Novembro de 2013, provocando a morte de 33 passageiros, dos quais nove angolanos.

Deixe a sua opinião!

Partilhe.