Quantcast

“Temos de fazer um jogo perfeito. Não podemos deixar Ronaldo sozinho” – Ancelotti

0
iPixel – Leaderboard

Presente na sala de imprensa do Santiago Bernabéu para a antevisão da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, Carlo Ancelotti, treinador do Bayern Munique, apontou o caminho para dar a volta à eliminatória: um jogo “perfeito”.

“O jogo de Munique deixou-nos em desvantagem e com menos possibilidades de passar, mas temo-las. Durante 60 minutos fizemos um bom jogo, controlámos o Real… Agora teremos de conseguir fazer um jogo perfeito, com valentia, intensidade e qualidade durante 90 minutos. É verdade que o Real Madrid marca golos em todos os jogos, mas também sofre em muitos deles…”, vincou o italiano, que confirmou ainda o regresso de Lewandowski às opções.

“Foram os pequenos detalhes que decidiram o primeiro jogo e temos de estar atentos”, disse Carlo Ancelotti sobre a derrota (1-2) em Munique, recordando o homem que decidiu o triunfo do Real Madrid: “Não podemos deixar Ronaldo sozinho.”

Ancelotti antecipou ainda o regresso de Robert Lewandowski, goleador do Bayern que regressa após lesão: “Será uma grande ajuda. Tem-se treinado sem problemas e dá-nos muita confiança, ainda que não vá mudar a nossa estratégia.”

Deixe a sua opinião!

Partilhe.