Sobre a derrota de Angola: “Foi apenas um jogo”, diz Carlos Morais


O astro do basquetebol nacional Carlos Morais foi o atleta que surgiu diante dos jornalistas após o surpreendente desaire diante da selecção de Cabo Verde. Para o extremo, a derrota não elimina os objectivos definidos pela selecção nacional.

Carlos Morais afirmou citado pela Angop, que o grupo vai corrigir as falhas registadas e encarar com a  mesma responsabilidade os dois jogos da fase regular por disputar.

Publicidade

“Foi apenas um jogo. Os objectivos mantém-se e a qualificação depende apenas de nós, como vamos encarar os jogos que se seguem”, disse.

O melhor marcador do desafio, com 21 pontos, considerou o grupo A dos mais difíceis da competição, acrescentando que Angola precisa de trabalhar ainda mais para recuperar a hegemonia continental.

O desaire ante a Cabo Verde também está relacionado com alguns erros defensivos e sucessivas perdas de bola, segundo o jogador do Petro de Luanda.

Por seu o treinador nacional, Pep Clarós afirmou ter sido uma derrota inesperada pelo que o foco passa, agora, por vencer os dois desafios seguintes.

Depois da derrota a selecção voltou aos trabalhos, preparando com afinco o jogo contra o Ruanda marcado para amanhã, quinta-feira  (26) de Agosto.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *