Real Madrid vence Barcelona e piora à crise em Camp Nou


O Real Madrid foi, este sábado, à Catalunha, à casa do eterno rival Barcelona, vencer por 3-1 e ascendeu provisoriamente à liderança isolada da Liga espanhola, na sétima jornada. Trincão foi chamado a jogo perto do fim.

Convém não duvidar do Real Madrid. Depois de duas derrotas decepcionantes em casa, para Cádiz e Shakhtar, o gigante se recuperou com um dos melhores cenários. Não só jogou bem, como venceu o clássico contra o Barcelona, por 3 a 1, em Camp Nou, neste sábado (24) de Outubro, pela 7ª jornada do Campeonato Espanhol. Valverde, Sergio Ramos e Modric marcaram para os visitantes, enquanto Ansu Fati chegou a deixar o jogo empatado no primeiro tempo.

Publicidade

O “clássico” começou da forma mais espectacular possível. Aos 5’, Fede Valverde já estava a dar a vantagem ao Real, concretizando da melhor forma um passe de Benzema, e o Barça respondia aos 8’, com Ansu Fati a conseguir o empate após cruzamento de Jordi Alba.

Só na segunda parte é que o marcador voltou a funcionar. Numa altura em que a equipa de Ronald Koeman dominava, Sergio Ramos caiu na área dos catalães, com a camisola puxada por Langlet. O árbitro deixou passar, o VAR aconselhou-o a ir ao monitor e, após rever o lance, apontou para a marca dos 11 metros. Foi o próprio Ramos que se encarregou de converter o castigo em golo, devolvendo ao Real a vantagem no marcador.

Já com Francisco Trincão em campo pelo Barcelona (entrou aos 82′), o Real aumentou a vantagem em cima dos 90’. Luka Modric, com toda a classe e calma de um craque veterano, segurou a bola nos pés e fintou o guarda-redes Neto até encontrar o espaço para fazer o 1-3.

A vitória jogou o Real Madrid para a primeira colocação, com 13 pontos, embora possa ser ultrapassado por Real Sociedad e Villarreal no domingo. O Barça ocupa um incaracterístico 10.º lugar, com sete pontos em cinco jogos.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *