Milwaukee Bucks sagraram-se campeões da NBA 50 anos depois da primeira conquista


Os Milwaukee Bucks sagraram-se nesta terça-feira (20 de julho) campeões da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) pela segunda vez, 50 anos depois da primeira conquista, ao baterem em casa os Phoenix Suns por 105-98, no sexto jogo da final, que venceram por 4-2.

Os Milwaukee Bucks estiveram a perder a final por 2-0, mas somaram quatro triunfos consecutivos e venceram por 4-2, com Giannis Antetokounmpo, a ser eleito incontestavelmente o Jogador Mais Valioso (MVP).

Publicidade

Campeões em 1971 e vice em 1974, os Bucks, liderados pelo grego Giannis Antetokounmpo, que marcou 50 pontos, somaram o quarto triunfo seguido, após 120-100 e 109-103 no seu reduto e 123-119 fora, na resposta às vitórias caseiras dos Suns (118-105 e 118-108).

Giannis alcançou os 50 pontos com inacreditáveis 17 em 19 da linha de lance livre (89,5%) – ele que tinha 58,7% nos play-offs e 68,7% na época regular -, mais 16 em 25 nos lançamentos de campo, num jogo em que acrescentou 14 ressaltos, cinco desarmes de lançamento e duas assistências, em 42.26 minutos.

Bobby Portis, com 16 pontos, foi também determinante no triunfo dos Bucks, sendo o único suplente que contribuiu com pontos, Brook Lopez também teve actuação positiva, com 10 pontos e oito ressaltos, enquanto PJ Tucker trouxe defesa, como sempre.

Nos Phoenix Suns, que perderam a terceira final, em outras tantas presenças, repetindo 1976 e 1993, o base Chris Paul, que não tinha estado bem nos jogos 4 e 5, foi o melhor, liderando a equipa com 26 pontos e cinco assistências.

Os melhores aliados de Paul, a disputar a sua primeira final, foram Jae Crowder, com 15 pontos e 13 ressaltos, e os suplentes Cameron Payne, com 10 pontos, em 10.26 minutos, e Frank Kaminsky, com seis pontos, em 10.59.

Por: Isabel Silva


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *