Jovem refugiado do Congo, faz sucesso como jogador de basquetebol na Grécia


250 partilhas

Depois do jovem refugiado em França, que hoje é chamado de “homem aranha”, o outro caso, é de um jovem que deixou o República do Congo – Brazzaville em 2015, quando a cidade vivia onda de violência e miséria, viajou em barcos precários até na Grécia, foi daí que teve o gosto pelo desporto, onde basquetebol falou mais alto e agora é uma das grandes referencias  no campeonato grego. Jovem refugiado do Congo, faz sucesso como jogador de basquetebol na Grécia

O jovem que em 2015, no seu próprio país, não encontrava soluções para desenvolver e realizar os seus sonhos, que é de jogar basquetebol, porque naquela altura,  não havia estabilidade social devido a guerra que se fazia sentir, com maior pendor a capital, Brazzaville.

Recorda-se que este não foi o único facto que encantou os corações do mundo, pois o primeiro caso, havia acontecido na França, onde um jovem maliano, colou a sua vida em risco, ao salvar uma criança de um prédio, com mais de 5 andares.

 

 

 

Por: Júlio Dos Santos


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

250 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *