France Football cancela Bola de Ouro de 2020: “não seria premiado de maneira justa”


A revista France Football anunciou nesta segunda-feira (20) de Julho, que não vai dar a Bola de Ouro em 2020 aos melhores jogadores de futebol do mundo, nas categorias masculino, feminino, goleiro e sub-21. Em comunicado publicado em seu site, a organizadora da premiação criada em 1956 para indicar o destaque ao fim de cada ano justificou que a interrupção do calendário de disputas entre março e maio e as mudanças nas regras afetam a credibilidade e legitimidade da eleição.

O galardão Bola de Ouro não será atribuído este ano, pelo facto de a pandemia da covid-19 ter interrompido e interferido com a temporada de futebol, anunciou, nesta segunda-feira, a France Football, revista francesa responsável pelo prémio.

Publicidade

“Não foi uma decisão tomada de ânimo leve, mas tivemos de aceitar que não poderia haver um vencedor de Bola de Ouro normal ou típico, e o que realmente nos preocupava era que não seria premiado de maneira justa”, disse o editor da France Football, Pascal Ferre.

“É um ano tão estranho que não conseguimos tratá-lo como um ano comum. Começámos a conversar sobre isto (tomar esta decisão) há pelo menos dois meses”, disse Pascal Ferre numa entrevista por telefone à Associated Press.

Em dezembro de 2019, Messi recebeu sua sexta Bola de Ouro, o que lhe deixou como recordista da premiação, com uma a mais do que o português Cristiano Ronaldo – o troféu foi unificado com o Fifa The Best entre 2010 e 2015.

Por outro lado, a Fifa não tem planos de cancelar o The Best, prêmio dado aos melhores da temporada.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *