Final de semana reserva decisões importantes para as equipas Manchester City, Chelsea, Atlético de Madrid, FC Barcelona


Está marcado para este sábado, 08 de maio, um grande momento para a história do futebol, pois quatro grandes equipas vão defrontar-se para a tão esperada decisão de quem vai se sagrar dos seus respetivos campeonatos. Manchester City vai defrontar o Chelsea ao passo que Atlético  de Madrid vai protagonizar uma partida com o FC do Barcelona.

O City, curiosamente, vai defrontar o Chelsea, o seu adversário da final da Champions, a 29 de Maio, em Istambul, Turquia, tanto o Barça quanto o Atlético buscam destronar o actual campeão Real Madrid e este jogo de três pontos (que valerão seis) é um jogo chave para determinar a força dessas ambições, com os Rojiblancos esperançosos de repetir a victória por 1-0 que conquistaram quando as equipas se encontraram pela última vez em Novembro de 2020.

Publicidade

O time é capaz de vencer os jogos que ainda faltam, mas também é um lembrete de que você sempre tem que estar no seu melhor e ser clínico”, disse o técnico do Barcelona, ​​Ronald Koeman, que espera somar o título da La Liga ao do triunfo da Copa del Rey reivindicado em meados de Abril.

Por sua vez, o técnico do Atlético, Diego Simeone, espera que sua equipa continue avançando até a linha de chegada de uma maratona de temporada. “Não falta muito agora, temos que manter a nossa intensidade e a nossa luta”, disse o argentino. “Tudo ainda é possível e quero que os jogadores mostrem fome de sucesso.

Jogadores-chave:

Para a equipa do Barcelona Lionel Messi é o jogador-chave, que recuperou a sua forma com a aproximação do fim da temporada e o argentino adoraria levar o Barcelona de volta ao topo do futebol espanhol , uma victória no sábado seria um passo fundamental para isso.

Luis Suarez, o ex-jogador do Barcelona causou um grande impacto no Atlético nesta temporada, mas se for uma tentativa de conquistar o título, ele precisará fazer todos os esforços possíveis em seu antigo reduto e levar os Rojiblancos à victória fora de casa.

Batalhas para assistir:

Ronald Koeman v Diego Simeone, ambos os treinadores erram no lado da estabilidade defensiva, mas Koeman provou ser o mais flexível na sua abordagem nesta temporada, apresentando uma versão interessante de 3-5-2 que permitiu ao Barça fazer o melhor uso de seu esquadrão desequilibrado.

Na Inglaterra, a batalha será entre Citizens e Blues, ambos saídos de grandes victórias nas meias-finais da Champions e orgulhosos pelas épocas prestigiantes que têm feito. No entanto, para o City, há um espinho atravessado para ser removido: O Chelsea eliminou-os da Taça da Inglaterra, tirando a possibilidade de um novo pleno para Guardiola. Ainda assim, no caso do City, será uma questão de vencer e consagrar a sua supremacia e, mesmo que não vencer, a questão do título será apenas uma questão de tempo.

O Chelsea, por usa vez , com a liderança do Alemão, Tomas Tuchel, tem vindo a mostrar uma nova personalidade, mais forte, mais estável e solido, e ainda com um futebol atraente e vivo, fruto da enorme juventude que integra o seu plantel – alias, se dúvidas haviam sobre o valor deste plantel, a forma como desmontaram o Real Madrid na meia-final, dissipa-as todas.

Exijo de mim mesmo entrega, ter impacto e ser o melhor que posso. Portanto, isso não mudará no futuro. Se eu mereço ficar, estou super feliz em ficar e tentarei ficar o maior tempo possível. Sinto-me parte da família Chelsea”, disse Tuchel, sobre a recente forma e estado de espírito da sua equipa.

Guardiola, por sua vez, diz que está feliz por ficar no City e continuar o sucesso do clube: “Algo que descobri desde que cheguei e que estendi o meu contrato duas vezes é porque eles me permitem pensar no futebol”, disse o espanhol. “Há pessoas incríveis a trabalhar atrás de nós para fazer com que tenhamos o melhor desempenho possível em campo. Eu faço parte deste clube. Tudo em que o clube pensa, eu apoio.

Jogadores-chave:

Phil Foden, o jovem meio-campista inglês tem sido uma das revelações da temporada para o Man City, com a sua habilidade, ritmo, golos e consciência táctica combinando perfeitamente com a forma como a equipa de Pep Guardiola gosta de jogar, com e sem a bola.

N’Golo Kanté, se o Chelsea quiser ganhar alguma posição no meio-campo, a energia e a competitividade implacável de N’Golo Kante serão vitais. O meio-campista francês teve um desempenho excelente quando os Blues derrotaram o City na FA Cup e ele tentará repetir neste fim-de-semana.

Batalhas para assistir:

Pep Guardiola v Thomas Tuchel – Os treinadores, espanhol e alemão, vão tentar definir as suas equipas para afirmar o controlo por meio da posse de bola e pressionando, apenas a atenção aos melhores detalhes fará com que um ou outro plano táctico dê frutos sobre o outro.

Ilkay Gundogan v Mason Mount, dois dos melhores meio-campistas de ‘box-a-box’ na Premier League vão se enfrentar nesta batalha. Gundogan é o mais combativo e experiente, mas a visão e o passe de Mount talvez lhe deem uma vantagem de ataque sobre o alemão.

Detalhes da transmissão da partida:

Sábado 8 de maio

15:15: Barcelona v Atlético Madrid – SuperSport Máximo 2

17:30: Manchester City v Chelsea – SuperSport Máximo 1


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *