Euro2020: Inglaterra e Itália vão medir forças para alcançar glória europeia


Após terem derrotado os seus adversários durante a caminhada sem contestações, Inglaterra e Itália subirão ao Estádio Arena de Wembley para a grande final do campeonato neste domingo, 11 de Julho, às 20 horas para terminar em grande uma época futebolística marcada por várias surpresas e que mais uma vez mostrou a magia do desporto rei. O jogo contará com a transmissão integral na DStv, nos canais SuperSport.

A Itália fez uma fase de grupos irrepreensível, 3 jogos, 3 vitórias, 8 golos marcados e apenas 1 sofrido. Nos oitavos, passou com classe diante da Áustria por 2-1, sendo que a vitória nunca fora questionada. Seguiu-se a poderosa Bélgica, naquele que foi um dos melhores confrontos deste torneio, e uma vez mais a vitória sorriu para os transalpinos, numa exibição de luxo de Lorenzo Insigne e onde a ‘Squadra Azurra’ mostrou força, determinação e um espírito guerreiro, contraponto todos os argumentos da temível Bélgica.

Publicidade

Depois do aperto nos quartos, os italianos testemunharam o heroísmo do gigante Guanluigi Donnaruma, o guarda-redes de 22 anos, e no desempate por grandes penalidades, de um empate a 1-1 durante os 120 minutos, o antigo guardião do AC Milan, mostrou todos os pergaminhos de uma verdadeira estrela. Para a final de Wembley, Roberto Mancini não contará com o lateral esquerdo Leonardo Spinazzola.

A Inglaterra, por sua vez, vem de uma fome de títulos quase insaciável, selecção sempre repleta de grandes executantes, mas que nunca ganha títulos, ficando-se sempre pelo quase. Este ano, Gareth Southgate, o técnico inglês, vai procurar contrariar todas as estatísticas para vencer o adversário, contando com o inspirado e imparável Raheem Sterling e o letal Harry Kane.

Vindo de uma fase de grupos confiante, mas pouco produtiva, duas vitórias por 1 a 0 e um empate sem golos, um saldo de 2 golos marcados e nenhum sofrido. Aliás, apesar das boas exibições, os golos não apareciam, inclusive Harry Kane saiu em branco da fase de grupos.

Para esta final, a história da Inglaterra começa nos oitavas-de-final, contra a poderosa Alemanha, a mostrar toda sua força e energia, e bateram sem apelo os alemães por 2-0. Seguiu-se a Ucránia, nos Quartos-de-final, e uma goleada de 4 bolas sem resposta catapultou-os para as meias-finais diante da Dinamarca, um adversário que parecia acessível. As coisas complicaram-se graças ao talento de Mikkel Damsgaard, um rapaz de 21 anos de idade, da Sampdoria – que queria homenagear Christian Eriksen, a estrela do conjunto entretanto fora da competição depois de ter sofrido uma paragem cardíaca em campo, logo no primeiro jogo diante da Finlândia.

Contudo, a energia de Sterling foi decisiva e em dois momentos distintos, provocou um auto-golo a Simon Kjaer, e já no prolongamento, um penalty, para oferecer o golo da vitória a Harry Kane.

Detalhes de transmissão:
Domingo, 11 de Julho
20:00: Itália v Inglaterra – No SuperSport Máximo2 e SuperSport Máximo 360

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *