Entre a “espada e a parede”, Beto Bianchi toma decisão difícil e abandona o comando da selecção nacional de Futebol


138 partilhas

Beto Bianchi, anunciou em conferência de imprensa, realizada nesta terça-feira (14), a sua retirada da selecção nacional de futebol, garantindo que dedicar-se-a exclusivamente ao Petro de Luanda, o técnico deixou transparecer a dificuldade que teve para tomar essa decisão.

Nesta temporada o brasileiro Beto Bianchi, trabalhou não só para o Petro de Luanda, mas também para selecção nacional de futebol, o resultado não foi muito agradável, por conta disso, o técnico decidiu continuar a dirigir os petrolíferos  e “esquecer” os Palancas Negras.

Desde o mês de Março que Beto Bianchi colabora com os Palancas, consequentemente o Petro de Luanda teve que suspender alguns jogos porque o mesmo “lutava” para o apuramento a fase final da 5.ª edição da Taça CHAN, a decorrer em Janeiro, em Marrocos, disputou ainda a primeira jornada das eliminatórias do CAN’2018, a ter lugar nos Camarões, e na Taça Cosafa, na África do Sul.

A situação criou algum desequilíbrio no desempenho do Petro de Luanda no GirabolaZap 2017, onde chegou a perder as oportunidades que tinha para permanecer na liderança e conquistar o principal campeonato nacional de futebol, acabou em segundo lugar, posteriormente redobrou os esforços e conquistou a Taça de Angola.

 

Por: Garcia Alberto


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

138 partilhas