Duas derrotas num só dia: Fiorentina vence em Turim e quebra invencibilidade da Juventus


A Juventus voltou, esta terça-feira, a marcar passo na corrida pela revalidação do título de campeã italiana, ao perder em Turim, diante da Fiorentina, por categóricos 0-3, em partida referente à 14.ª jornada da Serie A.

A Juventus viveu nesta terça-feira um dia para esquecer, com anulação de uma vitória que era dada como garantida – três pontos retirados – e derrota frente à Fiorentina, em jogo da ronda 14.

Publicidade

 Primeiro, ainda durante a tarde, a Juventus ficou a saber que, se quer três pontos frente ao Nápoles, terá de os conquistar de pleno direito, sendo mais forte em 90 minutos de futebol, dentro do relvado. Esta é a decisão final da justiça italiana acerca do duelo entre as duas equipas referente à jornada 3 da Série A.

A 4 de Outubro, os napolitanos faltaram ao jogo por terem sido proibidos de viajar para Turim – havia no plantel dois casos de covid-19. A Juventus foi considerada vencedora da partida, na secretaria, e somou os três pontos.

O cenário foi revertido nesta terça-feira, com a deliberação do Collegio di Garanzia, autoridade judicial desportiva que estipulou o reagendamento da partida. Isto significa que a Juventus fica com menos três pontos do que aqueles com que acordou nesta terça-feira.

 Mais tarde, houve jogo frente à Fiorentina, equipa em dificuldades na tabela da Série A.

O ‘pesadelo’ da Vecchia Signora começou a desenhar-se logo à passagem do terceiro minuto de jogo, o conjunto viola ensaiou um contra-ataque ‘letal’, que foi devidamente concluído por Dusan Vlahovic.

Um ‘filme’ que se tornou ainda pior 15 minutos depois. Juan Cuadrado tentou chegar a uma bola na área adversária, mas acabou por acertar com os pitons na canela de Gaetano Castrovilli, e recebeu ordem de expulsão após consulta do VAR.

Como se tudo isto não fosse suficiente, Andrea Pirlo ainda viu o ex-FC Porto Alex Sandro colocar a bola na própria baliza aos 76 minutos, e Martin Cáceres dar a ‘machadada final’ na partida, já aos 81.

Com este resultado, a Juventus mantém o quarto lugar, com 24 pontos, mas pode perder terreno para Nápoles (também 24 pontos), Inter (30) e AC Milan (31), todos com partidas por disputar nesta quarta-feira.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *