C.Ronaldo, Modric e Salah nomeados para o prémio The Best, Messi foi “esquecido”


335 partilhas

Primeira vez em mais de 10 anos, Lionel Messi não está entre os finalistas do prêmio de melhor do mundo. Cristiano Ronaldo, Luka Modric e Mohamed Salah são os três finalistas do prémio “The Best”, da FIFA, atribuído ao melhor jogador do mundo.

Sem Messi na corrida (pela primeira vez desde 2007), o português, agora jogador da Juventus, vê o ex-colega Modric, do Real Madrid, que venceu o prémio de “melhor jogador da Europa” a chegar também aos três finalistas, bem como Salah, que fez uma grande época ao serviço do Liverpool.

Eleito o melhor do mundo nas duas últimas temporadas e único detentor do troféu The Best (criado em 2016), Cristiano Ronaldo é cotado como um dos favoritos ao prêmio por conta da conquista do tricampeonato da Liga dos Campeões com o Real Madrid. O desempenho individual do jogador no Mundial, com direito a hat-trick diante da Espanha, também o impulsiona na disputa, apesar da queda dos lusos nas oitavas de final.

Modric, por sua vez, é considerado um nome forte justamente por ter participado da mesma conquista no Real com Cristiano, mas tem o diferencial de ter ido à final da Copa do Mundo após uma campanha surpreendente com a Croácia. O medio foi eleito melhor jogador do Mundial pela FIfa.

Salah fecha a lista de indicados por conta de uma temporada fantástica com a camisa do Liverpool, que chegou à final da Liga dos Campeões. O egípcio marcou 46 golos em 54 partidas pelos Reds e por sua seleção nacional, que fracassou e caiu na primeira fase do Mundial 2018.

Cristiano Ronaldo corre, ainda, pelo prémio Puskas, pelo pontapé de bicicleta assinado contra a Juventus, quando ainda representava o Real Madrid. Neste caso, concorre com nove adversários.

O vencedor de cada uma das categorias será anunciado no próximo dia 24 de setembro, numa gala que irá decorrer em Londres.

Candidatos

Jogador Masculino: Cristiano Ronaldo (Juventus/Portugal), Luka Modric (Real Madrid/Croácia) e Mohamed Salah (Liverpool/Egito).

Jogadora Feminina: Ada Hegerberg (Lyon/Noruega), Dzsenifer Marozsán (Lyon/Alemanha) e Marta (Orlando Pride/Brasil);

Treinador Masculino: Zlatko Dalic (Croácia), Didier Deschamps (França) e Zinédine Zidane (ex-Real Madrid);

Treinador/a Feminino/a: Reynald Pedros (Lyon), Asako Takakura (Japão) e Sarina Wiegman (Holanda);

Guarda-redes: Thibaut Courtois (Real Madrid/Bélgica), Hugo Lloris (Tottenham/França) e Kasper Schmeichel (Leicester City/Dinamarca);

Puskas: Gareth Bale (Real Madrid), Denys Chreyshev (Rússia), Lazaros Christodoulopoulos (AEK), Giorgian de Arrascaeta (Cruzeiro), Riley McGree (Newcastle Jets), Lionel Messi (Argentina), Benjamin Pavard (França), Ricardo Quaresma (Portugal), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Mohamed Salah (Liverpool);


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

335 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *