Angolano Sílvio Sousa suspenso da NCAA por dois anos após violar regulamentos


Depois do consultor da marca desportiva Adidas, T.J. Gassnola, testemunhar no tribunal federal, sexta-feira (01) de Fevereiro, que pagou ao representante do jogador, Fenny Falmagne, para que Sílvio representasse a formação de Kansas, o basquetebolista angolano Sílvio Sousa, que reside actualmente nos Estados Unidos e joga na Universidade de Kansas, foi suspenso por dois anos, da Associação dos Desportos Universitários (NCAA), por violação dos regulamentos, apurou à Angop.

Angolano Sílvio Sousa suspenso da NCAA por dois anos após violar regulamentos

De acordo com os regulamentos da Associação (NCAA), é extremamente proibido qualquer dos jogadores universitários efectuarem contratos, receberem salários, bónus referente ao seu rendimento desportivo ou para representar uma determinada universidade, caso este que o representante de Sílvio Sousa é acusado de ter recebido um valor monetário para o efeito. Embora não ter efectuado ainda nenhum jogo nesta temporada, fruto do mesmo processo, o jogador de 21 anos e 2,06 metros pode recorrer da decisão.

Como os regulamentos da NCAA não se estendem as outros competições, Sílvio Sousa poderá jogar num outro campeonato. Tendo em conta a sua boa prestação na temporada passada, o angolano, campeão africano em sub-16, poderá ocupar um lugar no draft 2019 “processo de selecção de jogadores para a NBA”.

No caso de ser escolhido por uma das equipas da liga principal norte-americana, no próximo mês de Junho, Sílvio poderá jogar, uma vez que se trata de uma prova diferente. Caso não seja escolhido, deverá procurar outro campeonato, podendo regressar ao campeonato universitário apenas depois de dois anos.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *